Informe-se Clipping

Resgates em fundos de crédito privado diminuem

Apesar disso, no acumulado de um ano, fundos com liquidez inferior a 30 dias tiveram seu patrimônio reduzido pela metade


Fonte: Valor Investe - 16 de Setembro de 2020

O segmento de fundos independentes de crédito privado completou, em agosto, 12 meses consecutivos de resgates. A saída de recursos no mês passado, de R$ 1,4 bilhão, foi a menor desse intervalo.

No acumulado de um ano, o patrimônio líquido dessa amostra, que reúne 456 fundos com o mínimo de 50% do PL aplicado em crédito privado, encolheu 44%, de R$ 278 bilhões para R$ 154,8 bilhões. Os dados são da Quantum Finance.

O baque maior foi para os fundos com liquidez em período inferior a 30 dias, que viram seu patrimônio reduzir pela metade, para R$ 128 bilhões no período.

Conforme os dados da Quantum, as retiradas de recursos nessas carteiras somaram R$ 1,131 bilhão e responderam por 81% dos resgates em agosto. Já aqueles fundos com liquidez superior a um mês perderam R$ 277 milhões. A redução de PL desses portfólios foi de 16% em 12 meses, para R$ 26 bilhões.

A indústria de crédito privado sofreu com duas crises no período. A primeira, no fim do ano passado, quando houve um ajuste técnico dos spreads das debêntures.

O segmento cresceu tanto por conta da busca de investidores por um retorno maior do que o oferecido pela Selic, que fez com que as taxas dos papéis fechassem demais num primeiro momento. As emissões primárias chegaram a paralisar pela falta de interesse dos investidores.