Informe-se Notícias

Fintechs estimulam bancos tradicionais a inovar

Instituições bancárias renomadas no país se movimentam para não perder mercado


Fonte: Terra - 11 de Janeiro de 2021

De olho no crescimento dos bancos digitais, os bancos tradicionais têm criados plataformas semelhantes para fazerem frente às novas companhias e não perder suas fatias de mercado. Nesta corrida, o Bradesco desenvolveu o Next, que possui 4 milhões de contas, bem maior do que em janeiro de 2020, quando somava 1,8 milhão. De acordo com o presidente da instituição, Jeferson Honorato, o trabalho é desenvolvido para ser um complemento de serviço, não um concorrente, uma vez que 35% dos clientes têm conta corrente pela primeira vez e 76% não eram da base da empresa.
 
Já o Itaú, em novembro de 2020, lançou o iti e, desde então, já soma 3 milhões de contas. De acordo com João Araújo, diretor do iti, a questão da pandemia e o novo comportamento da população brasileira aqueceram o mercado. Segundo o executivo, a instituição está entre as que mais cresceram nos primeiros meses de operação, mesmo sem grandes investimentos publicitários.
 
Todo este movimento protagonizado pelos bancos digitais tem criado uma cadeia de negócios de destaque. Exemplo disso é a plataforma de serviços BBNK, no mercado desde 2018. Como regra, a companhia permite que qualquer empresa ofereça uma conta digital própria a seus clientes, sem a necessidade de pedir autorização prévia ao Banco Central. De acordo com o fundador da empresa, Yan Tironi, a plataforma já conta com 40 marcas que fecharam negócio.
 
Saiba Mais