Informe-se Blog

Para que serve a Ouvidoria dos Bancos?

20 de Agosto de 2020

No relacionamento entre as instituições bancárias e seus clientes é natural que em algumas ocasiões ocorram problemas que acabam trazendo dor de cabeça para os consumidores. Quando esse tipo de situação acontece, o primeiro passo é buscar um suporte diretamente na agência bancária para tentar resolver o problema e esclarecer as dúvidas. No entanto, nem sempre isso é possível e em muitas situações o consumidor precisará procurar outros meios de contornar o problema.
 
É para isso que existe a Ouvidoria dos Bancos, uma central de atendimento criada por determinação do Conselho Monetário Nacional (CMN) e do Banco Central do Brasil (Bancen) para registrar as reclamações que não tiveram nenhuma solução ou retorno diretamente com a instituição financeira.
 
Ao entrar em contato com a ouvidoria, o cliente deve informar seus dados básicos, como nome, CPF, banco, agência e as informações necessárias para análise do caso, como a data do evento ocorrido e os detalhes da situação. Mas atenção, em nenhuma hipótese deve ser informado dados sigilosos como senhas bancárias.
 
Após o primeiro contato, a reclamação será analisada pela ouvidoria com um tempo médio de resposta de até 30 dias e o cliente deve receber um número de protocolo para acompanhar o processo. Caso o prazo estipulado chegue ao fim sem uma resposta, será necessário então recorrer a última hipótese e acionar a Ouvidoria do Banco Central, que repassará a reclamação para a instituição financeira que deverá dar uma resposta ao cliente e ao Bacen em até 10 dias úteis.
 
Como entrar em contato com a Ouvidoria dos Bancos?
 
Cada instituição financeira possui um número de telefone direcionado para esse serviço, você pode conferir a lista completa clicando aqui.