Informe-se Blog

Extrato FGTS: tire suas dúvidas sobre o Saque DEP COD 50

20 de Agosto de 2020

Para quem trabalha com carteira assinada, é comum aparecerem algumas nomenclaturas no extrato do Fundo De Garantia Por Tempo de Serviço (FGTS), que geram muitas dúvidas entre os empregados. Isso porque a Caixa Econômica utiliza um código para cada tipo de operação e muitas delas confundem o titular da conta.
 
No aplicativo do FGTS da Caixa, aparece o chamado Saque DEP COD 50, que significa o saque dos depósitos na conta do trabalhador. Em outras palavras, mesmo aparecendo a expressão “saque” no campo Saque DEP COD 50 ou no Saque JAM - que é referente ao saque dos juros, não significa que o  dinheiro foi retirado, mas sim que a quantia está disponível na data indicada ao lado da sigla. Com esses dois valores é possível calcular quanto você receberá na data da liberação do FGTS.
 
Para que os valores fiquem disponíveis para o saque imediato na data prevista, a Caixa realiza antecipadamente o débito da conta. Por isso, o código mostra apenas o valor que está liberado e não que foi sacado pelo contribuinte. Além disso, caso o trabalhador não queira sacar o valor já movimentado, basta clicar em “desfazimento” no próprio aplicativo. Assim, o FGTS volta para a conta do FGTS. Caso ele não opte por essa opção e nem faça o saque, automaticamente aquele valor volta para a  conta do FGTS.
 
O FGTS foi criado em 1996, a fim de substituir o sistema pela qual os empregados tinham garantia de segurança no emprego após dez anos de serviço. O objetivo era criar um fundo de poupança para os trabalhadores que serve como uma espécie de indenização por demissão não justificada. Atualmente, o FGTS também pode ser utilizado como garantia para concessões de crédito consignado.