Informe-se Notícias

Aneps pede apoio do Banco Central aos Correspondente nos País

Ofício enviado em caráter emergencial requer o pagamento imediato da parcela retida do diferimento

22 de Abril de 2020

Diante da deterioração da saúde financeira do setor, em razão da pandemia do Covid-19, a Aneps enviou ao presidente do Banco Central do Brasil Roberto Campos Neto um pedido de socorro às empresas promotoras de Crédito e Correspondentes no País.
 
A medida foi motivada para a preservação e sobrevivência da atividade, tendo em vista incontáveis relatos e apelos de empresas do setor, que estão chegando diariamente à nossa entidade em razão da forte queda da atividade econômica causada pela pandemia do coronavírus, as quais clamam por medidas governamentais de apoio à preservação e sobrevivência da atividade, notadamente porque a crise instaurada agravou ainda mais a já combalida saúde financeira do setor.
 
Assim, a Aneps solicita, como medida adicional à já pretendida revogação do inciso V e respectivos parágrafos 1° e 2° ao artigo 11 da Resolução n. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011, do Conselho Monetário Nacional, que o Bacen determine aos bancos e instituições financeiras o pagamento imediato da parcela retida do diferimento da comissão devida aos correspondentes no país por operações de crédito já intermediadas e concretizadas.
 
Para acessar o ofício na íntegra, clique no link abaixo.