Notícias Notícias

Inadimplência atinge 63 milhões de brasileiros

Cenário preocupa executivos de crédito

22 de Janeiro de 2020

Uma pesquisa feita com 316 executivos que trabalham com crédito mostrou que a maioria dos profissionais do setor (97%) concorda que os índices de inadimplência continuam altos no Brasil. Para 2020, 35% dos entrevistados acredita que o indicador não vai melhorar, 34% estão otimistas e 31% se disseram neutros. A expectativa dos correspondentes é que os números sejam mais animadores para este ano, considerando a queda nos juros.
 
A pesquisa foi realizada pelo Instituto Locomotiva, em parceria com a Negocia Fácil e CMS. Os dados foram coletados em setembro e outubro de 2019. De acordo com a Serasa Experian, a inadimplência atinge 63,8 milhões de brasileiros, 4,5 milhões a mais em relação ao início de 2018.
 
Além disso, 90% dos executivos creem que o Brasil passa por uma crise econômica. “Ações importantes tomadas sinalizam que estamos começando a viver uma fase de recuperação, e há fatores para potencializar isso, como a queda das taxas de juros e o aumento do nível de ocupação”, diz o diretor de negócios do Negocia Fácil, José Muniz.
 
O diretor também alerta para o fato de que neste período, boa parte dos consumidores busca renegociar suas dívidas, mas isso só será possível se “a economia começar a se recuperar e houver geração de renda”, o que não deixa de ser uma oportunidade para os correspondentes que atuam neste nicho.
 
Leia mais 
https://valor.globo.com/financas/noticia/2020/01/02/inadimplencia-acende-alerta-entre-executivos-de-credito.ghtml