Informe-se Notícias

Volume do empréstimo consignado sobe 26% em 2019

13 de Dezembro de 2019

Mesmo com recuperação lenta da economia, o crédito consignado cresceu 26% nos dez primeiros meses deste ano em relação ao mesmo período de 2018, de acordo com o Banco Central. Para se ter uma ideia, o volume registrado no acumulado de janeiro a outubro é de R$79,843 bilhões. No mesmo período do ano passado, foram contratados R$ 63,390 bilhões. A notícia é boa para os correspondentes que atuam neste setor.

 

Especialistas avaliam que o desemprego alto e o alto índice de informalidade são os principais motivos para aposentados e servidores públicos tomarem crédito consignado. Isso porque acaba sendo uma alternativa para quitar dívidas. Além disso, é uma das modalidades mais baratas, com juros limitados a 2,08% ao mês, no empréstimo comum, e a 3% ao mês, no cartão de crédito.

 

Em contrapartida, a inadimplência tem sido cada vez maior entre os consumidores que optam por essa linha de crédito. Segundo uma pesquisa divulgada em novembro pelo SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) Brasil, sete em cada dez usuários na modalidade têm restrição no nome.