Notícias Notícias

Crédito tem retomada em agosto e mostra recuperação para saldos e concessões

O aumento foi de 3,4% com participação maior do crédito para pessoa física.


Fonte: ANEPS - 11 de Outubro de 2018

O crédito deu uma mostra de recuperação em agosto com o aumento tanto do saldo quanto das concessões. As Estatísticas Monetárias do Banco Central indicam retomada significativa no empréstimo para famílias e empresas.
 
Entre julho e agosto, os saldos totais de crédito passaram de R$ 3,123 trilhões para R$ 3,155 trilhões - alta de 1%. Em relação a agosto do ano passado,o aumento foi de 3,4% com participação maior do crédito para pessoa física.
 
Nas concessões, a alta é atribuída, principalmente, às renegociações de dívida. Para as empresas (pessoa jurídica), o número  empréstimos subiu 11,4% entre julho e agosto deste ano, e atingiram 9,2% em doze meses. Este mesmo público lidera as concessões do tipo crédito livre com 7,9%.
 
Por outro lado, a taxa de juros médios vem caindo, o que também contribui para a recuperação dos empréstimos. Para as famílias, por exemplo, houve queda de 10,2 pontos percentuais em 12 meses, para 51,8 ao ano. As empresas tiveram recuo de 3,9 % pontos percentuais no mesmo período.
 
Outro fator positivo que deve influenciar na retomada do crédito é a queda na inadimplência das pessoas jurídicas que, aos poucos, parecem sair da crise. Os agentes econômicos esperam uma retomada maior com a sazonalidade do fim de ano e já estão se preparando para essa expansão.