Notícias Notícias

Crédito imobiliário para imóveis é embalado pela poupança

Foram financiadas aquisições e construções de 98,8 mil imóveis

27 de Julho de 2018

O crédito imobiliário financiado com recursos da poupança já atingiu R$ 25,29 bilhões, um avanço de 23% em relação ao mesmo período de 2017, de acordo com dados divulgados pela Abecip (Associação das Entidades de Crédito Imobiliário).
 
Do total de empréstimos feitos pelo SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo), foram financiadas aquisições e construções de 98,8 mil imóveis, o que representa 19,8 % de aumento, comparado aos seis primeiros meses de 2017. De acordo com a associação, só para imóveis de pessoa física, foram 20,2 bilhões de financiados, sendo 11,3 bilhões para novas unidades. “Essa fatia de novos é consumo de estoque, o que pode gerar demanda para mais lançamento”, afirma o presidente da Abecip.
 
Com esse cenário, aumentou a expectativa dos bancos, que obtiveram 2,5 bilhões de captação líquida, de acordo com o presidente da Abecip, Gilberto Duarte Abreu Filho.  As Instituições estão cada vez mais dispostas a emprestar.
 
Por outro lado, segundo Abreu Filho, vai ter muito recurso para emprestar e pouca demanda. Fato que pode provocar queda nas taxas dos bancos, que estão próximas às do pico atingido pelo mercado imobiliário em 2014. O custo fica estável, a recessão econômica elevou as taxas de juros futuras, referência para o mercado.