Notícias Notícias

INSS Reduz o teto de juros do empréstimo consignado

Medida foi aprovada hoje no Conselho Nacional da Previdência Social, com a presença do presidente do ANEPS - 28 de Setembro de 2017
logo_inss.jpg

Na manhã desta quinta-feira, o Conselho Nacional da Previdência Social definiu por unanimidade a redução do teto das taxas de juros aplicadas aos empréstimos consignados na folha de pagamento de aposentados e pensionistas.
 
De acordo com a nova medida, a taxa de juros dessas operações não poderá ser superior a 2,08% ao mês nas transações de empréstimo e a 3,00% ao mês nas transações de cartão de crédito. Os limites permitidos anteriormente eram de 2,14% e 3,06%, respectivamente. Além disso, o limite do cartão não pode exceder 1,4 vezes o valor do benefício. 
 
A novidade passa a valer a partir da data de sua publicação.  
 
 
Esta foi a primeira participação da ANEPS no Conselho Nacional da Previdência Social, e o presidente Edison Costa é o representante da associação nesses encontros mensais, que acontecem em Brasília (DF).