Notícias Notícias

Código de Ética Aneps: o que é, a quem se destina e para que serve

O desrespeito às regras pode levar à cassação da certificação profissional, impedindo que o promotor trabalhe legalmente - 04 de Agosto de 2017

codigo-de-etica-aneps.jpg

O Código de Ética e Conduta Aneps são parâmetros e boas práticas destinadas aos correspondentes no país, também chamados de correspondentes bancários, a fim de evitar que condutas irregulares e antiéticas no setor.
 
Além de seu conteúdo ser uma das matérias da prova da Certificação Aneps, o código de ética pode ser usado no dia a dia como um manual de boas práticas e compliance para os correspondentes. Fundamentado na legislação vigente, ele vai além ao definir as condutas profissionais mais adequadas ao promotor e funciona como parâmetro para a apuração de denúncias contra os profissionais certificados pela Aneps, pela Comissão de Ética da entidade.
 
 
Conheça 10 princípios e regras que norteiam a atuação dos promotores certificados pela Aneps:
 

  1. Respeitar e cumprir a legislação vigente, agindo com decoro, responsabilidade, lealdade, dignidade e boa-fé nas relações com clientes, instituições financeiras e demais parceiros participantes da cadeia de crédito;

  2. Estimular as boas práticas de mercado, evitando condutas que possam prejudicar a imagem dos correspondentes e das instituições financeiras;

  3. Empenhar-se para o aprimoramento contínuo da competência e do prestígio da profissão, conhecendo, observando e mantendo-se atualizado sobre todas as resoluções, guias, normas, leis e regulamentos aplicáveis ao exercício de suas atividades, buscando minimizar os riscos;
     

  4. Negar participação em negócios ilícitos de qualquer natureza, envolvendo fraude, simulação, manipulação ou distorção de preços, declarações falsas ou lesão aos direitos dos clientes;

  5. Não contribuir para a divulgação de notícias ou de informações inverídicas ou imprecisas sobre o mercado financeiro e suas atividades;
     

  6. Manter sigilo em relação a informações confidenciais a que tenha acesso em razão de sua atividade profissional, excetuadas as hipóteses em que a sua divulgação seja exigida por lei ou tenha sido expressamente autorizada;
     

  7. Manter independência e objetividade e ter bom-senso no aconselhamento de produtos e serviços, considerando a situação de cada cliente, com relação ao patrimônio, objetivos, prazos e experiência;

  8. Não cobrar qualquer incentivo, comissão, presente ou qualquer compensação financeira de seus clientes, que possa interferir no fechamento do negócio;

  9. Divulgar os dados de sua Certificação Aneps de maneira a demonstrar sua importância e seriedade;

  10. Caso sua certificação seja suspensa ou cancelada, cessar imediatamente o uso do Registro Aneps, bem como da carteira de identificação Aneps.

 
Acesse o Código de Ética e Conduta Aneps, disponível no portal da Certificação Aneps e conheça o conteúdo na íntegra.