Notícias Notícias

Previsão de crescimento do PIB atinge nível mais baixo em 2017

Relatório Focus prevê avanço de 0,39% da economia brasileira neste ano
Fonte: ZERO HORA - 27 de Junho de 2017

Economistas e instituições financeiras consultados pelo relatório Focus revisaram para o patamar mais baixo desde o início do ano a previsão para o crescimento da economia brasileira em 2017. Divulgada pelo Banco Central (BC) nesta segunda-feira (26), a nova avaliação do mercado projeta avanço de 0,39% do Produto Interno Bruto (PIB) do país contra 0,4% da estimativa anterior. Há um mês, o PIB tinha previsão de crescimento de 0,49% neste ano.
 
O mercado também diminuiu o otimismo em relação a 2018. Agora, a expectativa é de que a economia brasileira cresça 2,1% no próximo ano contra 2,2% da projeção anterior. Há um mês, o relatório Focus previa elevação de 2,48% do PIB para 2018.
 
Sob influência do Relatório Trimestral de Inflação (RTI) e do IPCA-15 de junho, os economistas do mercado financeiro voltaram a reduzir as projeções para a inflação neste e no próximo ano. O Relatório de Mercado Focus mostra que a mediana para o IPCA — o índice oficial de inflação — em 2017 foi de 3,64% para 3,48%. Há um mês, estava em 3,95%. Já a projeção para o IPCA de 2018 foi de 4,33% para 4,30%, ante 4,40% de quatro semanas atrás.
 
Na prática, as projeções de mercado divulgadas no Focus indicam que a expectativa é que a inflação fique abaixo do centro da meta, de 4,5%, em 2017 e 2018. A margem de tolerância para estes anos é de 1,5 ponto porcentual (inflação entre 3% e 6%).
 
Na última quinta-feira (22), o BC atualizou, por meio do RTI, suas projeções para a inflação em 2017 e 2018. No cenário de mercado, que utiliza valores para câmbio e juros apurados no Focus, a projeção para este ano foi de 4% para 3,8%. No caso do próximo ano, a expectativa passou de 4,6% para 4,5%.
 
Já o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou na sexta-feira (23) que o IPCA-15 — considerado uma espécie de prévia para a inflação oficial — subiu 0,16% em junho, acumulando taxa de 1,62% em 2017 e de 3,52% em 12 meses. Novamente, o resultado foi considerado favorável pelos economistas do mercado.
 
Selic
O Focus manteve as previsões para taxa básica de juro em 2017 e 2018. A expectativa do mercado é de que a Selic chegue a 8,5% ao ano (a.a.) em 2017 e se mantenha no mesmo nível até o final do próximo ano.
 
Dólar
O mercado espera que o dólar encerre 2017 cotado a R$ 3,32 contra R$ 3,30 no cenário apresentado na semana passada. Para 2018, a estimativa é de que a moeda norte-americana fique em R$ 3,40.