Imprensa Notícias

Prévia do PIB cresce 1,12% no primeiro trimestre, aponta BC

Índice demonstra que a economia brasileira voltou a crescer nos três primeiros meses do ano
Fonte: ZERO HORA - 15 de Maio de 2017

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) indica que a economia brasileira voltou a crescer nos três primeiros meses do ano. O indicador que antecipa a trajetória do Produto Interno Bruto (PIB) registrou alta de 1,12% no acumulado do primeiro trimestre de 2017 na comparação com o quarto trimestre de 2016, pela série ajustada do Banco Central (BC). O dado foi divulgado na manhã desta segunda-feira (15), pelo BC.

 

Já na comparação do trimestre com igual período do ano passado, o índice subiu 0,29% pela série observada. Os dois números trimestrais vieram ligeiramente acima do previsto pelos economistas do mercado financeiro.

 

Em março, o IBC-Br apresentou queda de 0,44% em relação a fevereiro. Na comparação entre março deste ano e março de 2016, no entanto, houve crescimento de 1,05%.

 

Revisão

Como de costume, o BC revisou dados do Índice de Atividade Econômica na margem, na série com ajuste. O indicador do mês de fevereiro passou de 1,31% para 1,37%. Em janeiro, o IBC-Br passou de 0,62% para 0,37%. Em dezembro de 2016, o índice foi de -0,09% para -0,04. No caso de novembro, a revisão foi de 0,08% para 0,04%. O dado de outubro foi de -0,18% para a estabilidade e o de setembro, de 0,07% para 0,06%.

 

Conhecido como "prévia do BC para o PIB", o IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. A previsão oficial do BC para a atividade doméstica deste ano é de avanço de 0,5%.