Imprensa Notícias

Crédito Consignado


Fonte: ATUAL FM - 23 de Março de 2017

Muito se ouve falar do crédito consignado, mas o que é o crédito consignado? É um tipo de empréstimo onde as parcelas são descontadas diretamente do salário da pessoa que fez o empréstimo, é uma das linhas de crédito mais baratas que tem. O consignado – como é chamado – é o “queridinho” dos aposentados e pensionistas, pois além das baixas taxas de juro é muito fácil e rápido para conseguir.

 

Para quem é aposentado ou pensionista do INSS, funcionários públicos federais, estaduais, municipais e também os militares (forças armadas), é uma ótima opção de captar recursos pagando bem menos do que nas linhas créditos convencionais oferecidas pela rede bancária de um modo geral, além de não ser nada burocrático. Portando apenas os documentos básicos como: RG, CPF e comprovante de endereço, é possível contratar um crédito consignado, mas é preciso cautela, bem como conhecer seu funcionamento e buscar sempre orientação em empresas autorizadas a realizar esse tipo de serviço.

 

Segundo uma pesquisa feita pelo portal Meu Bolso Feliz, do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), três em cada dez brasileiros (34%) já fizeram empréstimos consignados.

 

Acredito que a tendência é que esse tipo de crédito continue crescendo, pois tem muitas vantagens, conheça algumas:

 

– Juros baixos: em geral, as taxas do crédito consignado são menores do que as cobradas em empréstimos comuns. Segundo informações da Anefac, com base em fevereiro de 2017 as taxas de juros no cheque especial (limite conta corrente) chegaram a 12,40% ao mês, no cartão de crédito de 15,16% ao mês e as taxas médias de empréstimo pessoal em bancos ficaram em média 4,58% ao mês, enquanto no crédito consignado a taxa varia entre 1,90% ao mês e 2,34% ao mês.

 

– Limite máximo permitido: Conforme informação coletada no site do Banco Central do Brasil, a Lei nº 13.172, de 21.10.2015, estabeleceu que o limite máximo de amortização de operações de crédito nos proventos e/ou benefícios dos servidores públicos federal, dos trabalhadores regidos pela CLT e dos aposentados do INSS, é de 35%, dos quais 5% exclusivamente para despesas e saques com cartão de crédito.

 

– Crédito sem consulta: Sim, você pode contratar um crédito consignado mesmo tendo seu nome negativado no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e Serasa Experian, entenda o porquê: por se tratar uma modalidade de empréstimo em que o desconto da prestação é feito diretamente na folha de pagamento ou de benefício previdenciário do contratante, o banco tem a garantia de que vai receber o dinheiro de volta.

 

– Substituir juros altos por juros menores: pode ser bom para sair de uma dívida com juros mais altos, por exemplo, o juro do cartão de crédito ou do limite do cheque especial, entre outras dívidas que podem ser pagas com o dinheiro do crédito consignado ainda mais se for o caso de “limpar” o nome na praça, uma vez que este tipo de empréstimo pode ser feito mesmo estando com o nome negativado no Serasa ou SPC.

 

– Prazos longos: o que pode ser bom no prazo longo é que você consegue uma parcela pequena e não afetará tanto no orçamento mensal, os prazos podem variar de 06 até 96 meses depende do órgão.

 

Mesmo com todas as vantagens é sempre bom ter cuidados, como:

 

– avaliar se realmente é necessário;

– analisar se conseguirá viver bem e pagar as despesas com o que sobra na conta;

– procure sempre uma instituição autorizada a fazer esse tipo de crédito;

– leia o contrato;

– pesquise as taxas

– não aceite acordos verbais

 

Sendo assim, se a sua intenção é se livrar das contas em atraso, organizar as finanças, ou comprar algo que está planejando há tempos e ainda não conseguiu, procure uma instituição financeira que possa tirar todas as dúvidas e lhe auxiliar na contratação do empréstimo.